Arquivo

Turismo - Instrumentos de Crédito

2016-10-14

Linha de Apoio à Qualificação da Oferta 2016

A Linha de Apoio à Qualificação da Oferta 2016 é um instrumento de crédito que visa proporcionar às empresas do setor do turismo melhores condições no acesso ao financiamento.

A presente linha de crédito destina-se a projetos de investimento com as seguintes finalidades:

- Requalificação de empreendimentos turísticos existentes,
- Criação de empreendimentos turísticos
- Criação e requalificação de empreendimentos, equipamentos ou atividades de animação,
- Criação e requalificação de estabelecimentos de restauração,
- Projetos de empreendedorismo que tenham por objeto empreendimentos, equipamentos ou atividades de animação turística e de restauração de interesse para o turismo e serviços associados ao setor do Turismo.


Este instrumento financeiro encontra-se acessível a empresas turísticas de qualquer dimensão, independentemente da sua natureza ou forma jurídica, desde que cumpram as condições estipuladas.

O montante máximo do financiamento concedido pode chegar aos 75% do valor do investimento elegível, estando definido o valor de 2,5 milhões de euros como limite máximo de investimento do Turismo de Portugal em cada operação, com exceção das candidaturas desenvolvidas em cooperação, agregadoras de várias empresas, em que o limite será de 3,5 milhões de euros.

As empresas podem-se candidatar a projetos de requalificação de empreendimentos turísticos existentes, incluindo a ampliação dos mesmos, ou até a criação de empreendimentos turísticos, desde que se demonstrem diferenciadores em relação à oferta existente e importantes para o posicionamento competitivo do destino, ou resultem da adaptação de património cultural edificado classificado ou de intervenções de reabilitação urbana em áreas de interesse turístico.
São ainda elegíveis a criação e requalificação de empreendimentos, restauração, equipamentos ou atividades de animação, desde que de interesse para o turismo e se diferenciem da oferta existente na região.
Os fundos públicos irão também apoiar o desenvolvimento de novos negócios turísticos, no contexto do apoio empreendedorismo no setor, que apresentem um investimento elegível máximo de 500 mil euros, sejam promovidos por pequenas ou médias empresas a criar ou com, no máximo, 2 anos de atividade completos.

O grupo das instituições de crédito aderentes à Linha reúne o Millennium BCP, Novo Banco, Santander Totta, Banco BPI, Caixa Geral de Depósitos, Banco Popular, Montepio Geral, Barclays Bank, Caixa de Crédito Agrícola Mútuo, Abanca, Banco Português de Gestão e Banco BIC.

Este instrumento financeiro tem uma comparticipação do Turismo de Portugal a 60%, sendo elegível uma componente de fundo de maneio, para apoiar a empresa na gestão da sua tesouraria durante o investimento.

Prazo da Operação: Máximo de 15 anos, incluindo um período máximo de carência de 4 anos
A taxa de juro aplicável à parcela do Turismo de Portugal é nula.

Anexos
Ficha Tecnica

Outras Noticias

Economia do Mar e TICE: Que negócios?

2018-06-21

A ACIFF convida todos os interessados a participar no Roadmap para a Economia do Mar e TICE: Que negócios?, que decorrerá no próximo dia 27 de junho, entre as 15:00 e as 17:30, na Incubadora de Empresas da Figueira da Foz.

Nesta sessão irão conhecer-se casos de estudo da Economia do Mar relevantes para as empresas, expandir rede de contactos e contribuir para a discussão e definição de ações concretas, através de mesas-redondas com a participação de empresários, investigadores e empreendedores.

Também nesta sessão que será apresentado o Concurso de Ideias de Negócio do projeto Platicemar, cujo período de candidaturas já decorre desde 15 de junho e prolonga-se até 2 de Setembro de 2018.
Este concurso visa promover o empreendedorismo e a inovação e estimular o desenvolvimento de conceitos de negócio com base na aplicação das TICE em setores emergentes da Economia do Mar, capacitando iniciativas empresariais e fomentando a concretização de startups.

Este evento está enquadrado no projeto PlaticeMar, promovido pela Inova-Ria, Fórum Oceano, ACIFF, NERLEI e Sines Tecnopolo.

Mais informação sobre o projeto em www.platicemar.pt

As inscrições gratuitas feitas para o link: http://bit.ly/2lmCsGF

Os Santos Populares no Comércio da Figueira da Foz

2018-06-19

Este foi o tema lançado para o passatempo de montras que a Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz está a levar a cabo, nos estabelecimentos comerciais da designada zona urbana.

O desafio proposto implicava a decoração das montras a preceito, neste que é o mês do Santos Populares.

Até 29 de junho são 36 os estabelecimentos que aceitaram o desafio e têm as suas montras vestidas a rigor, com a particularidade de a decoração incluir jornal pois, os prémios são oferecidos pelo jornal Diário de Coimbra.

O júri é composto por representantes da direção da ACIFF, do Diário de Coimbra e formadora da área de decoração e vitrinismo que irão avaliar nos próximos dias os seguintes estabelecimentos:

1 - A Pharmácia - Cafetaria e Salão de Chá - Rua da Liberdade, n.º 96, r/c

2 - Alldresscode - (moda homem e senhora) - Rua Bernardo Lopes, n.º 97

3 - BELLAGIO 81 (Cosmética, bijuteria e acessórios) - Rua 5 Outubro, n.º 17

4 - Cambraia Modas (tecidos) - Rua da República, n.º 178

5 - Carlin (papelaria) - Rua da República, n.º 187

6 - Casa da Moldura (molduras) - Largo Luis de Camões, n.º 5

7 - Casa Garcia (moda homem e senhora) - Rua da República, n.º 282

8 -Casa Garcia (moda homem e senhora) - Rua 5 de outubro, n.º 26

9 - Casa Tinoco (decoração) - Rua Cândido dos Reis, n.º 19

10 - Centro Optico Sotto Mayo (optica) - Rua Maestro David Sousa, n.º 72

11 - Cosy Little Things - (decoração e souvenires) - Rua Dr. Calado, n.º 38 r/ch

12 - CSE Cosméticos -(produtos cabeleireiro e cosmética) - Rua da Republica, n.º 215

13 - Diamante Azul (decoração) - Rua 5 Outubro, n.º 16

14 - Farmacia Gaspar - Rua da Liberdade, nº 45

15 - GAPA Moda e Acessórios - Rua Bernardo Lopes, n.º 78

16 - Goldenart (moda e acessórios) - Rua Cândido dos Reis, n.º 79

17 - Ideias à Medida (costura, retrosaria) - Rua Cândido dos Reis, 22

18 - Kourus Sapataria - Rua da República, n.º 278

19 - Lojas Foto Braga (fotografia) - Largo Maria Jarra, n.º 16 - Buarcos

20 - Lojas Foto Braga(fotografia) - Rua Maestro David Sousa, n.º 64

21 - Manuel Mendes Decorações (tapeçaria) - Rua da República, nº 110

22 - Milano (moda e acessórios senhora) - Rua Bernardo Lopes, n.º 121

23 - Miúdos Giros (moda criança) - Rua da República, n.º 252

24 - Drogaria Mondego - Largo Luis de Camões, n.º 10

25 - Ourivesaria Lontro - Passeio Infante D. Henrique, n.º 27

26 - Paulucha Sapataria - Passeio Infante D. Henrique, n.º 40

27 - POP - Produtos Originais Portugueses (produtos típicos) - Mercado Municipal Engº Silva, loja 17, Passeio Infante D. Henrique

28 - Primoptica (optica) - Rua da República, n.º 211

29 - Primoptica Marina (optica, relojoaria e ourivesaria) - Rua 5 de Outubro, n.º 4

30 - Republica - Loja Colaborativa - Rua da República, n.º 67

31 - Requinte Retrosaria - Rua da República, n.º 47

32 - Roupa Nova, pronto a vestir - Largo do Carvão, n.º 14

33 - Salgueiro e C.ª (atoalhados) - Rua 5 Outubro, n.º 11

34 Sapatarias Quaresma (sapataria) - Rua 5 de Outubro, n.º 18

35 - Tenda Retrosaria - Rua da República, n.º 216

36- VAZ- Joalheiros - Rua 5 de Outubro, nº 9

37 - Vitórias (moda homem e senhora) -Av. Saraiva de Carvalho (junto à BP)

A avaliação irá incidir sobre originalidade e criatividade; harmonia do espaço e ocupação equilibrada do espaço; iluminação e conciliação do jornal com os produtos expostos.

Os premiados serão as três montras que obtenham melhor pontuação do júri, sendo a classificação de primeiro, segundo e terceiro lugar, respetivamente.

A ACIFF agradece a todos os lojistas que aceitaram o desafio lançado pela associação.

ACIFF visita Palácio Sotto Maior

2018-06-14

Apoiando a iniciativa que a empresa Pó de Saber - Cultura e Património está a levar a cabo, numa parceria com a Sociedade Figueira Praia, a Direção da ACIFF visitou o Palácio Sotto Maior que tem agora as suas portas abertas e promove um programa de visitas guiadas que apresenta a história e as particularidades deste Palácio.

Esta é uma abordagem inovadora à gestão do Património Cultural da Figueira da Foz e deve ser um fator de atração e entretenimento dos visitantes da cidade.

Mais informações em Po de Saber

Santos Populares no Comércio da Figueira da Foz

2018-06-07

Junho é mês de Santos Populares e por isso a ACIFF desafiou as lojas do comércio tradicional situadas nas principais artérias do centro urbano a decorarem as suas montras a preceito.

Assim, de 13 a 29 de junho as nossas montras vão associar aos seus produtos decoração sobre o tema dos 'Santos Populares no Comércio da Figueira da Foz' com a particularidade de esta decoração ser feita com jornal do Diário de Coimbra, patrocinador do passatempo.


São muitos os estabelecimentos que aceitaram este desafio e por isso a partir de 13 de junho vamos divulgar no Facebook todos as lojas aderentes ao passatempo.


Os prémios oferecidos pelo Diário de Coimbra são:

1.º lugar – Prémio: Estadia Quinta das Lágrimas e assinatura anual do Diário de Coimbra

2.º lugar – Prémio: Leitão com 2 garrafas de espumante e assinatura anual do Diário de Coimbra

3.º lugar – Prémio: Vale 100€ nas lojas Góis e assinatura anual do Diário de Coimbra


Os critérios de avaliação serão seguintes:

- Originalidade/criatividade
- Harmonia do espaço/ocupação
equilibrada do espaço
- Iluminação
- Conciliação do jornal com os produtos expostos

O Júri será composto por:

- Representantes da Direção da ACIFF
- Representante do Jornal Diário de Coimbra
- Formadora da área de decoração e vitrinismo.

Mais informações no regulamento anexo.

Acompanhe este passatempo em www.facebook.com/ACIFF