Arquivo

SPIN + - O acelerador das tuas ideias

2017-02-22

CANDIDATURAS ATÉ 10 DE MARÇO

A IEFF – Incubadora de Empresas da Figueira da Foz, Associação para o Desenvolvimento Empresarial é uma das entidades promotoras do Projeto Incubação Centro 2016 - IC | 16, apoiado pelo Programa Operacional Regional do Centro, eixo prioritário Competitividade e internacionalização da economia regional. Dada a sua localização e especificidades é uma incubadora cada vez mais vocacionada para a economia do mar e sector industrial.

No âmbito deste projeto estamos a promover o SPIN+, um programa de aceleração que pretende ajudar os empreendedores a desenvolverem os seus projetos desde a valorização da ideia até à concretização de negócios.
Este programa de aceleração é uma experiência única de desenho e validação de modelos de negócio que valoriza o conhecimento de base tecnológica e a sua orientação para o mercado, estimula a criatividade e a colaboração em Rede, minimiza o risco de apostas em projetos não sustentáveis, levando os empreendedores a testarem os seus Produtos Mínimos Viáveis junto de potenciais clientes, obtendo o feedback necessário para melhorarem a sua Proposta de Valor, e a aplicarem abordagens Lean na criação das suas empresas.

Para estimular o progresso do projeto e a sua aceleração para o mercado, cada equipa será acompanhada não só pelos técnicos das incubadoras da rede, mas também por empresários de referência do mercado, que assumirão o papel de mentores.

Este Programa de Aceleração terá a duração de seis meses e encontra-se estruturado em 14 sessões de trabalho, de 7 horas cada, que irão abranger temas e atividades distintos, ajudando as equipas a desenvolver a sua ideia de negócios, desde a valorização da ideia até à primeira venda.

A QUEM SE DESTINA?

Empresas incubadas que pretendam lançar novos produtos/serviços inovadores com preferência de base tecnológica ou de forte intensidade em conhecimento ou culturais e criativos, através de novas unidades de negócio (spin-off).

Novos empreendedores, com vista à criação de empresas de base tecnológica ou de forte intensidade em conhecimento ou culturais e criativos.

Empreendedores integrados em empresas já existentes, ou profissionais altamente qualificados em situação precária de emprego, com vista à criação de spin-offs de empresas ou académicos, de base tecnológica ou de forte intensidade em conhecimento ou culturais e criativos, com potencial de criação de 10 ou mais postos de trabalho, nos primeiros 2 anos de atividade.

As equipas selecionadas, além de terem a oportunidade de participar ao longo de seis meses em sessões de trabalho que irão abranger temas e atividades distintas que irão ajudar a desenvolver a sua ideia de negócio, terão ainda a possibilidade de financiar total ou parcialmente os seus protótipos e estudos de mercado. Os empreendedores com qualificação mínima de nível 6, entre os 23 e os 40 anos, e que não possuam outra fonte de rendimento, terão durante 6 meses uma bolsa de apoio financeiro. Aos dez melhores projetos será, ainda, atribuído um prémio no valor de 5.000€.

O período de candidaturas decorrerá até às 19h do dia 10 de Março de 2017, posteriormente serão selecionadas as 20 equipas de empreendedores que participarão no programa.

Para submeter a inscrição, todos os elementos (Formulário de Inscrição, Vídeo e Currículos dos promotores) devem ser enviados via e-mail para acelerador.rierc@cec.org.pt. ou geral@ieff.pt.

O SPIN+ é uma iniciativa da Rede RIERC integrada no projeto Incubação Centro 2016 – IC | 16, co- financiado pelo Programa Operacional da Região Centro (CENTRO 2020).

QUERES TRANSFORMAR ESSA IDEIA NUM NEGÓCIO

ATREVE-TE E INSCREVE-TE!!!


Anexos
RegulamentoApresentaçãoFormulário de Inscrição

Noticias Relacionadas

10 novas startups ligadas à Economia do Mar criadas no âmbito do projeto PLATICEMAR

2019-11-14

Os vencedores regionais do Concurso de Ideias de Negócio, realizado no âmbito do projeto Platicemar - Plataforma de Consolidação do Setor TICE e Empreendedorismo na Economia do Mar, foram apresentados no dia 13 de Novembro na Alfândega do Porto, no Congresso “Empreendedorismo na Economia do Mar– Resultados do projeto PLATICEMAR”: Sal Verde (Porto), R5 Marine Solutions (Aveiro), AquaAll (Figueira da Foz), Fishify (Leiria) e Trackbow (Sines).


O Concurso de Ideias de Negócio do PLATICEMAR registou um total de 35 candidaturas provenientes de todo o território nacional, abrangendo diversas áreas ligadas ao médio-alto conhecimento e tecnologia, tendo sido selecionadas as 25 melhores propostas, que integraram um programa de mentoria e aceleração, que lançou as bases para a criação de startups ligadas à Economia do Mar. No final do projeto foram criadas 10 novas startups, distribuídas pelos vários territórios de intervenção do projeto, nomeadamente Porto, Aveiro, Figueira da Foz, Leiria e Sines (lista no final).

Numa primeira fase do projeto, através de atividades regionais de mobilização de stakeholders, que originaram cerca de 35 sessões de trabalho, foi identificado um conjunto de oportunidades de integração das TICE na EM, entre as quais se destacam: a diversidade de mecanismos de financiamento existentes para projetos na EM, a possibilidade de surgimento de novas atividades e otimização das existentes por via da recolha e tratamento de big data gerado pelas atividades da EM (Industria 4.0), a utilização da robótica e automação industrial para conferir escalabilidade e rentabilidade a atividades da EM ou a possível exploração de recursos minerais (sobretudo alguns minérios com escassez na Europa) que decorre do alargamento da plataforma continental. Estes resultados estão refletidos e detalhados no Estudo de Diagnóstico do Potencial do Setor TICE na Economia do Mar, uma das ferramentas de trabalho desenvolvidas no âmbito do projeto.

O consórcio promotor do projeto considera que o PLATICEMAR contribuiu positivamente para o posicionamento do setor TICE, enquanto setor transversal às restantes áreas de atividade, fomentando o empreendedorismo e a inovação e explorando as oportunidades e desafios num setor tradicional como a EM. Destaca ainda, o apoio fulcral da equipa do COMPETE 2020 e do IAPMEI, desde a submissão e aprovação da candidatura até ao seu acompanhamento, ao cofinanciar e compreender a importância das ações acima descritas.


Sobre o projeto PLATICEMAR
O projeto PLATICEMAR - Plataforma de Consolidação do Setor TICE e Empreendedorismo na Economia do Mar, promovido pela Inova-Ria - Associação de Empresas para uma Rede de Inovação em Aveiro, em parceria com o Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar, a ACIFF – Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz, a NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria, e o Sinestecnopolo, teve com objetivo despertar a sociedade para a importância e valor do empreendedorismo e espírito empresarial na Economia do Mar (EM), tendo como base o incremento da cooperação empresarial e a incorporação de novas capacidades e competências oriundas do setor das Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica (TICE).
Este projeto pretendeu ainda contribuir para a definição de políticas de Empreendedorismo e Inovação promotoras de um modelo de desenvolvimento sustentável na Fileira da Economia do Mar, aproveitando a Estratégia Nacional para o Mar e das estratégias regionais/nacional de especialização inteligente/ RIS3 como fatores impulsionadores e aceleradores do processo de Inovação na Economia do Mar em Portugal, sendo cofinanciado pelo Programa COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Apoio a Ações Coletivas – Promoção do Espírito Empresarial, envolvendo um investimento elegível superior a 700 mil euros.

Lista das 10 startups criadas no âmbito do PLATICEMAR

Sal Verde - Do Mar à Mesa Saudável - Porto
Produção industrial de Salicórnia com teor de sal controlado, e transformação num produto liofilizado, baseada em processos biotecnológicos IDT.
ViP - Vigilância das praias e monitorização do litoral - Aveiro
Sistemas Aéreos Pilotados Remotamente seguros, com elevada capacidade de carga para operações no litoral e offshore.

R5 Marine Solutions - Aveiro
Soluções de engenharia marítima baseadas em modelos digitais de custo-benefício para proteção e sustentabilidade da orla costeira.

AquaAll – Figueira da Foz
Produção integrada em aquacultura de camarão da costa com ouriços-do-mar, macroalgas, e plantas halófitas, através de um sistema IMTA com o sistema RAS em ambiente fechado.

Timeoff – Figueira da Foz
Promoção e oferta de percursos de natureza inexplorados, na região da Figueira da Foz.
Moço do Peixe – Comércio de peixe online - Leiria
Plataforma online de comércio de peixe fresco, diretamente do Mar de Peniche.

Fishify – Leiria
Comércio de peixe fresco através de uma plataforma e-commerce.

Welcome to Sines - Sines
Desenvolvimento de um serviço integrado de transporte, alojamento e estadia para tripulantes dos navios que passam pelo Porto de Sines, incluindo a oferta de excursões/tours.

TrackBow - Sines
Comercialização do produto Trackbow, sistema inovador de apoio à navegação, a proprietários
de embarcações de recreio como veleiros e iates.
Subwine – Vinho estagiado no Mar - Sines
Produção e comercialização de vinho estagiado no mar, adquirindo características únicas e um resultado ímpar na caracterização da sua garrafa.

Workshop - COMO FINANCIAR O MEU NEGÓCIO

2018-11-16

Realiza-se no dia 03 de dezembro, nas instalações da IEFF - Incubadora de Empresas da Figueira da Foz, um workshop subordinado ao tema 'Como Financiar o meu negócio', uma organização da Academia de PME do IAPMEI e do Turismo de Portugal em parceria com a ACIFF - Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz, destinado a gestores de PME e empresários.

Esta ação surge no âmbito do Plano Nacional de Formação Financeira, e integra um ciclo de sessões que têm como objetivo promoção da literacia financeira junto de empreendedores, empresários e gestores de micros, pequenas e médias empresas.

Com esta ação pretende-se que os formandos consolidem os seus conhecimentos na área financeira, com especial enfoque na escolha de financiamento mais adequado ao seu projeto empresarial.

PROGRAMA
O sistema económico e financeiro e a empresa
Escolha de uma solução de financiamento
Risco de Crédito e Plano financeiro do crédito
Incumprimento do Contrato de Crédito e suas consequências

DESTINATÁRIOS - Empresários e gestores de micro, pequenas e médias empresas
FORMADOR - Edgar Costa - Formador da Bolsa de formadores do Referencial de Formação Financeira
DATA - 03 de dezembro de 2018
LOCAL - IEFF - Incubadora de Empresas da Figueira da Foz| Parque Industrial da Figueira da Foz | Rua das Acácias n.º 40 - A | 3090-380 Figueira da Foz
DURAÇÃO - 7 horas
HORÁRIO - 10h00 às 18h00 (com 1 hora de intervalo de almoço)

INSCRIÇÕES - Gratuito

Acelerador de Ideias SPIN+ com novo prazo de inscrições até 16 de Outubro

2018-10-10

Acelerador de Ideias SPIN+, uma iniciativa RIERC, novo prazo de inscrições aberto até dia 16 de Outubro

SPIN+ é um acelerador de ideias de base tecnológica e criativa, uma iniciativa da Rede RIERC - Rede de Incubadoras de Empresas da Região Centro integrada no projeto Incubação Centro 2016 – IC | 16, co-financiado pelo Programa Operacional da Região Centro (CENTRO 2020).
Tem como objetivo estimular a cultura empreendedora e garantir as melhores práticas de gestão adequadas ao sucesso das empresas instaladas.

São três os grupos alvo destinatários deste programa de aceleração:
Grupo Alvo 1: Empresas incubadas que pretendam lançar novos produtos/serviços inovadores com preferência de base tecnológica ou de forte intensidade em conhecimento ou culturais e criativos;

Grupo Alvo 2: Empreendedores, que constituírem empresa ou iniciarem atividade como Empresário em nome individual com contabilidade organizada, baseada em produto ou serviço tecnológico, inovador, intensivo em conhecimento ou cultura e criatividade;

Grupo Alvo 3: Empreendedores integrados em empresas já existentes, ou profissionais altamente qualificados, que constituírem empresa ou iniciarem atividade como Empresário em nome individual com contabilidade organizada, baseada em produto ou serviço tecnológico, inovador, intensivo em conhecimento ou culturais e criativos.


No que consiste?
Este Programa de Aceleração terá a duração de dois meses e encontra-se estruturado em 10 sessões de trabalho, de 5 horas cada, que irão abranger temas e atividades distintos, ajudando as equipas a desenvolver a sua ideia de negócios, desde a valorização da ideia até à primeira venda.

As 10 sessões são as seguintes:
(S1) – Negócios & Tendências
(S2) – Ideação, Inovação & Proposta de Valor
(S3) – Modelos de Negócio
(S4) – Produto Mínimo Viável
(S5) – Marketing para projetos de Base inovadora e tecnológica
(S6 e S7) – Investimento & Financiamento
(S8) – “Elevator Pitch”: como apresentar ideias em público
(S9) – Plano de Ação
(S10) - Apresentação pública das ideias e projetos empresariais

Inscrições em : https://tagusvalley.typeform.com/to/t3TZtl

Poderá consultar o regulamento e mais informações em : https://rierc.pt/news/6

Programa de aceleração NEWTON

2018-08-01

Se tem uma ideia de negócio no setor do turismo o programa Newton é o indicado para o seu projeto!

O Newton é um programa de aceleração promovido pela RIERC - Rede de Incubadoras de Empresas da Região Centro em parceria com o Turismo de Portugal, tem como objetivo apoiar projetos de empreendedorismo no setor do turismo.

As candidaturas estão a decorrer até ao dia 15 de setembro de 2018.

Para quem?
- Empreendedores (um ou em equipa) que tenham uma ideia de negócio na área do turismo;
- Empresas criadas há menos de 2 anos que exerçam a sua atividade na área do turismo;
- Empresas criadas há menos de 5 anos, desde que pretendam lançar um novo produto ou serviço na área do turismo.

Em que consiste?

Fase de aceleração - Realização de 9 workshops de 5 h cada um, repartidos ao longo de 9 semanas interpoladas, incluindo tutoria durante e entre as sessões.
Fase de Validação - Atribuição de um prémio no valor de 2.000€ a cada equipa para realização de protótipo e validação (MVP) no terreno, com tutoria da incubadora de sua região e apoio dos respetivos mentores.
Demo Day Final - Apresentações públicas, com investidores e instituições ligadas ao turismo.
Serviços de incubação numa das incubadoras da RIERC para os melhores projetos.

Inscrições até 15 de setembro aqui!